sábado, 16 de Junho de 2007

Métodos Naturais


Método do Calendário

Algumas pessoas “fazem contas” para saberem quando podem ter relações sexuais sem risco de engravidar. Querem calcular o período fértil (a ovulação), isto é, a altura em que a rapariga ou a mulher pode engravidar.
Este período varia de rapariga para rapariga.

Para calculares o teu período fértil, tens que ter em conta que o óvulo vive, em média, 24 horas e o espermatozóide cerca de 72 horas. Para um cálculo mais seguro do período fértil, é aconselhável fazeres o registo da duração dos 12 últimos ciclos menstruais. Cada ciclo menstrual é contado desde o 1º dia em que surge o fluxo menstrual até ao dia anterior do surgimento do fluxo menstrual seguinte.

Pode calcular-se o período fértil, por subtracção de 11 dias ao ciclo mais longo e de 18 dias ao ciclo mais curto.
Exemplo:

Exemplo: rapariga com ciclos menstruais entre 25 a 30 dias.

25 - 18 = 7
30 - 11 = 19

O período fértil desta rapariga será entre o 7º dia e o 19º dia do ciclo, inclusive. Estes serão os dias mais prováveis em que a rapariga pode engravidar se não usar nenhum contraceptivo.
Na adolescência este método falha muito, porque as raparigas têm muitas vezes menstruações irregulares. Além disso obriga a que as relações sexuais sejam planeadas não podendo acontecer durante o período fértil calculado.

Coito Interrompido


Este método anticoncepcional também conhecido por “ter cuidado” consiste em retirar o pénis da vagina imediatamente antes da ejaculação.
É um método que tem muitas falhas, porque:
- alguns rapazes têm um líquido antes da ejaculação que já contém espermatozóides.
- nem sempre o rapaz consegue retirar o pénis a tempo. Este método não protege das infecções sexualmente transmissíveis.

Não deves confiar num método tão pouco eficaz para evitar uma gravidez ou uma infecção.

Qualquer um destes métodos conhecidos por métodos naturais não protegem das infecções sexualmente transmitidas.

Sem comentários: